Obrigado pela visita!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Musculação: Nem sempre muito treino faz bem


Musculação, quanto mais melhor? Não é bem assim. Quando se exercita seguidamente o mesmo grupo muscular ou se exagera no volume do treino, os riscos para a saúde são reais. 


AUMENTO
Quando se estimula os músculos, as fibras que os compõem ficam sobrecarregadas, devido ao aumento da tensão, o que ativa diversos fatores hormonais, metabólicos, neurais e de reparo para o dano (microlesões) gerado no tecido. Estes fatores em conjunto ativam a síntese de novas proteínas, levando ao aumento das fibras musculares e deixando o músculo com um aspecto mais tonificado.


LIMITE
Se o treino for volumoso e intenso, não permitindo recuperação adequada entre as sessões, as fibras serão excessivamente sobrecarregadas e isso pode gerar lesões. Por isso é importante ter a orientação de um professor de educação física.



DESCANSO
O tempo de descanso entre as sessões de treinamento tem por objetivo permitir a recuperação do tecido muscular. Deve-se respeitar o intervalo de 48h a 72h entre as sessões para um mesmo grupo muscular, assim como o descanso de um a cinco minutos (dependendo da pessoa) entre as etapas de cada série.



CALORIAS
É possível perder de 300 kcal a 450 kcal por sessão de musculação, dependendo da intensidade e da variedade de exercícios. Num processo de emagrecimento, a musculação é importante porque, quanto menos músculos se tem, menos energia se consome em repouso.



SUPLEMENTOS
Para ajudar na musculação, é preciso ingerir mais carboidratos e proteínas do que se gasta. Há suplementos alimentares que potencializam o resultado, mas só devem ser usados com orientação de nutricionistas, pois podem ter efeitos colaterais. Anabolizantes nunca devem ser usados: podem causar doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes e impotência, entre outros problemas.



INDICAÇÃO
A musculação é indicada para todas as pessoas, sendo que quem tem cardiopatias severas deve buscar um acompanhamento médico do trabalho. Mas todos, sem exceção, devem fazer uma avaliação médica antes do início das atividades. Em média, quem faz musculação pode melhorar sua força em até 40%. Mas estudos com idosos demonstraram que eles podem alcançar resultados superiores a 100%.


BONS TREINOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário