Obrigado pela visita!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Sugestão de treino para o seu Biotipo





Biotipos são características herdadas geneticamente por cada indivíduo e identificados por quatro tipos básicos: ectomorfo, mesomorfo, endomorfo e misto, cada qual com suas características próprias e que devem ser levadas em consideração ao se exigir resultados além dos quais a sua genética permite.

Leia abaixo e saiba de qual destas classificações você faz parte:


ECTOMORFO

Têm ossos estreitos e salientes, músculos delgados, ombros caídos. Tendência a baixo percentual de gordura corporal. Estrutura óssea comprida, magros e longilíneos. Seu metabolismo é acelerado em comparação aos outros tipos e apresenta maior dificuldade de ganhar peso e volume muscular. Desde que se realize um bom treino, uma boa alimentação, o ectomorfo pode obter resultados surpreeendentes.



MESOMORFO

É o corpo privilegiado, bem dotado fisicamente e ideal para a musculação – perfeito para os padrões estéticos atuais e possuem baixa gordura corporal. São pessoas de ossos largos, tórax grande, cintura fina, com musculatura predominante. Sua boa estrutura óssea e densidade muscular facilitam a pratica de musculação.




ENDOMORFO

São pessoas de elevado peso corporal que têm tendência a acumular gordura subcutânea, de formas arredondadas, abdômen saliente e braço e pernas proporcionalmente curtos. A musculação é bem indicada para agir na queima gordura e conquistar massa muscular. O endomorfo tem uma estrutura óssea larga e um metabolismo lento, por isso ganha peso facilmente e apresenta dificuldade para perder gordura.



MISTO

São os que não se encaixam em nenhum dos tipos definidos acima ou que têm características de dois ou mais tipos diferentes.




SUGESTÕES DE TREINO PARA UM ECTOMORFO

Se você é um ectomorfo e o seu objetivo é ganhar peso aumentando a massa muscular, os resultados serão mais significativos com treinos de cargas elevadas para que possa desenvolver as fibras brancas que nesse grupo é pouco predominante. Os métodos de força dinâmica, drop set, series múltiplas com baixas repetições (8-10) são excelentes. Outro aspecto importante refere-se aos intervalos de descanso que devem estar entre 2 e 3 min. para a restauração completa do ATP e tenha condições para realizar outra série intensa. Do mesmo modo, o exercício intenso requer um descanso adequado entre as sessões de treinamento. Neste caso especifico (hipertrofia muscular) os exercícios aeróbicos devem ser evitados, sua atenção deve estar voltada inicialmente para o ganho de massa muscular magra.

Quanto aos exercícios aeróbicos os indivíduos com este biótipo são favorecidos na prática de esportes de endurance, como a corrida por exemplo. Geralmente como estes indivíduos apresentam pouca massa muscular, são leve e com pernas compridas o que lhes confere maior amplitude de passadas. Além disso, o centro de gravidade se encontra bem elevado favorecendo para um maior desempenho neste esporte.



SUGESTÕES DE TREINO PARA UM MESOMORFO

Para que ocorra um aumento significativo na perimetria muscular os treinos devem ser focados com carga e intensidade elevada. Os métodos de treinos que propicia maiores efeitos neste grupo são: pirâmide crescente, bi set, drop set, pré – exaustão, potencia muscular, treinos negativos, etc. As séries são executadas com 8 -12 repetições e o intervalo que varia de 60 a 90 seg. Quanto aos treinos aeróbicos com efeito cardiovascular deve ser feitos entre 20 e 30 min. por sessão e com frequência de 2 a 3 vezes por semana. Se você se identificou com este biótipo e o seu objetivo é aumentar a massa muscular você não deve exceder nos exercícios aeróbicos, isto pode levar a uma perda da massa magra, por isso evite fazer estes exercícios por período longo de tempo e com muita frequência.




SUGESTÕES DE TREINO PARA UM ENDOMORFO

As sessões de treinos para este biótipo devem priorizar em aumentar e manter aumentado o metabolismo, levando assim a um gasto energético maior. Os métodos de musculação que podem ser utilizados são: o super série de resistência, circuito, série múltiplas com intervalo ativo, etc. Os exercícios devem ser realizados com cargas moderadas a altas, com série que varie de 10 a 12 repetições e preferencialmente com intervalo ativo. Quando o descanso for passivo, este deve ser bem reduzido a fim de manter a FC na zona alvo de treino (descanso entre 30 e 60 segundos).
Os aeróbicos devem ser realizados sempre após o treino, no tempo máximo de 30 minutos para evitar o catabolismo muscular.




Vale lembrar que há indivíduos que não são totalmente ectomorfos, mesomorfos ou endomorfos. Podendo haver predominância de um tipo, ou de outro.

Portanto, compreender as características do seu corpo e como ele responde a determinados tipos de estímulos é de extrema importância para o bom êxito no seu treinamento.


BONS TREINOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário